Duas mulheres - nora e sogra - perderam mais de R$ 12 mil em golpes do Pix em São Miguel do Oeste. As informações são do Diário Catarinense. O estelionato foi registrado pela Polícia Militar na segunda-feira.

Um homem ligou para a sogra da mulher e se identificou como funcionário de uma agência bancária. A nora relatou que tentou ajudar durante a ligação do banco.

O criminoso teria passado um número de protocolo para realizar a instalação do aplicativo da instituição bancária. Também teria dito que precisava realizar a simulação de um empréstimo e transferência via Pix, pois, segundo o homem, a agência estaria com problema no sistema.

A mulher disse que simulou um empréstimo por solicitação do suposto funcionário do banco e também foram realizados quatro transferências por Pix. A primeira no valor de R$ 1,7 mil, a segunda de quase R$ 5 mil e outra de R$ 3 mil. A última foi de R$ 1,9 mil.

​Depois, a nora ainda fez um Pix de R$ 444 do celular da sogra, já que era a movimentação na conta dela. Na sequência, fez um Pix da própria conta no valor de R$ 444.

Só depois de alguns instantes, as vítimas perceberam que tinham realizado um empréstimo de fato, e não apenas simulado a transação, e seis transferências bancárias.

A guarnição da Polícia Militar confeccionou um boletim de ocorrência e anexou os dados das contas para onde o dinheiro foi transferido, orientou e liberou as vítimas no local.