Foto: Fábio Junkes/Aconteceu em Jaraguá Uma família passou por momento de desespero, tristeza e dor ao presenciar uma das casas pegando fogo na noite deste domingo (3) próximo à divisa entre Guaramirim e Jaraguá do Sul. Por volta das 21h31, os bombeiros de Jaraguá do Sul foram acionados por um morador que relatou que uma casa ao lado estava pegando fogo na Rua Hilário Hauch, bairro Figueirinha, em Guaramirim. Foram deslocados então dois caminhões de combate a incêndio, porém primeiramente os bombeiros se encaminhavam para um ponto em Jaraguá do Sul, mas ao chegar no local, constataram que a residência fazia parte de Guaramirim. O chefe de equipe dos bombeiros, Schaion Ponticelli, relata que a guarnição dos bombeiros de Jaraguá do Sul, composta por quatro bombeiros, chegou primeiro ao local. Em seguida, chegou a guarnição de Guaramirim, com cerca de seis bombeiros, dando apoio com dois caminhões e uma ambulância. Ponticelli conta que a residência ficou totalmente destruída e que apenas conseguiram salvar a garagem onde estava o veículo da família. O combate às chamas e a operação de rescaldo - extinção do incêndio - durou em torno de uma hora e meia. Foram utilizados cerca de 10 mil litros de água para combater o fogo. O repórter da página Aconteceu em Jaraguá do Sul esteve no local e foi informado que a moradora perdeu todos os móveis que estavam dentro da residência. Segundo informações, a casa pertencia a Adriana Santos, que morava sozinha. O irmão dela, Leandro Santos, mora na casa ao lado. Adriana trabalha no Angeloni e voltava do trabalho quando se deparou com a casa dela em chamas. Leandro Santos, irmão de Adriana, foi entrevistado pela reportagem e contou como percebeu o incêndio. "Eu estava sentado e escutei um barulho. Ao sair para olhar o que havia acontecido, vi as chamas no telhado queimando tudo". Ele também dá detalhes sobre o início do incêndio. "Começou no quarto da residência, chegou uma pessoa antes, que entrou na casa e fez barulhos, e quando eu saí para olhar já estava queimando a casa". Os bombeiros foram acionados pelos vizinhos. " Eu pedi para os vizinhos chamarem os bombeiros porque eu não sabia o que fazer,  eu corria para lá e para cá". Leandro relata que perderam tudo. "A casa e o que tinha dentro dela foi tudo... geladeira, freezer, a máquina de lavar que minha irmã comprou ontem, ar-condicionados, jogo de cozinha, guarda-roupa...". As causas do incêndio ainda não foram apuradas, mas segundo informações de populares, a suspeita é de que o incêndio tenha sido criminoso. Para quem quiser ajudar a família, os contatos são: Leandro (47)9211-8748 e Adriana (47) 9284-5880.