O sonho de Lorenzo Geraldi, de 6 anos, uma das vítimas do acidente em que morreram seis pessoas da mesma família, era ser bombeiro. A informação foi passada pela diretora da creche em que ele estudava, que respondeu a uma postagem feita por um dos socorristas nas redes sociais.

Na última sexta-feira (30), Lorenzo e a família estavam em um Peugeot 307 quando colidiram com um Volvo na BR-386, em Soledade-RS. Ele chegou a ser resgatado com vida e encaminhado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Mesmo acostumados a momentos difíceis, os bombeiros ficaram comovidos com a ocorrência. Patrick Dipp da Silva, que participou do resgate, registrou no Facebook seu sentimento após a tentativa de salvar a família:

"Desculpem o desabafo, mas me sinto melhor escrevendo. E hoje, se cada um de vocês que lerem esse relato chegarem em casa e abraçaram com amor e ternura seus filhos, meus pensamentos estarão em paz...
Se vossos filhos estranharem a atitude, digam que o anjo Lorenzo está lá em cima brincando ao lado de Deus e queria um abraço deles...",

A postagem teve enorme repercussão - até o momento são 21 mil curtidas e quase mil comentários - e, além de obter uma resposta da diretora da creche em que Lorenzo estudava, fez com que o tio do menino quisesse encontrar-se com o socorrista.

No encontro, Dipp entregou a sua medalha de formatura do curso do Corpo de Bombeiros para que fosse enterrada junto com Lorenzo - o sepultamento aconteceu no último sábado (31). Foi uma última homenagem ao menino que sonhava em salvar vidas.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger