Mansão de traficante de R$ 2,5 milhões é demolida

Foto: Divulgação/Seop

Por: Isabelle Stringari Ribeiro

13/09/2023 - 15:09 - Atualizada em: 13/09/2023 - 15:33

Uma mansão construída de forma irregular na Rocinha, no Rio de Janeiro, começou a ser destruída nesta quarta-feira (13). Esta propriedade, avaliada em R$ 2,5 milhões, pertence a um líder do crime organizado da Rocinha, identificado nas investigações como o traficante Jhon Wallace da Silva Viana, conhecido como Jhonny Bravo.

A construção possuía três andares, uma cobertura e uma área total de aproximadamente 600 m², incluindo um terraço descoberto de 100 m² com vista para a praia de São Conrado. A operação de demolição está sendo conduzida pela Seop (Secretaria Municipal de Ordem Pública) e pelo Ministério Público, com o apoio da Polícia Militar, Guarda Municipal, RioLuz e Secretaria de Conservação.

Em agosto, um imóvel no valor de R$ 1 milhão também foi demolido na Rocinha pela Seop.

“Nosso trabalho tem como foco a preservação da vida das pessoas, a integridade física das pessoas e também a asfixia financeira do crime organizado tendo em vista que muitas dessas construções acabam servindo como mote de lavagem de dinheiro”, Secretário Brenno Carnevale.

Notícias no celular

Whatsapp