Mais um envolvido em um assassinato brutal, ocorrido em Nova Veneza, foi capturado.

O acusado, de 27 anos, foi detido durante uma abordagem da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na região de Florianópolis. Ele já foi encaminhado ao presídio da Capital.

Segundo o delegado André Milanese, da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Criciúma, ele é um dos sete envolvidos na morte de David Fenali Zuchinalli, de 23 anos (foto).

O crime foi registrado em 31 de janeiro, mas o corpo da vítima foi encontrado boiando em um valo, em 6 de fevereiro.

“Tribunal do crime”

“A investigação esclareceu que Davi foi decretado de morte por uma facção criminosa por ter dado guarida a um adolescente que praticou um homicídio contra um integrante de tal bando”, relata o delegado.

Ao final do inquérito policial, foram indiciadas sete pessoas pelos crimes de homicídio qualificado, pela torpeza e crueldade na execução e de participação em organização criminosa.

Um foragido

Todos os sete indiciados tiveram as prisões preventivas decretadas, sendo presos em momentos distintos.

"Falta localizar e prender um deles, de 31 anos, o sétimo e último indicado, cujo paradeiro é desconhecido”, coloca a autoridade policial.