Menos de uma semana depois do acidente que tirou a vida da publicitária Josiane Marques, 34 anos, atingida no pescoço por uma linha de pipa com cerol, na Via Expressa, na divisa entre Florianópolis e São José, mais dois condutores (um carro e uma moto) registraram Boletins de Ocorrência sobre o mesmo problema.

Desta vez as linhas com cerol atingiram os carros que passavam pela BR 282, na tarde desta terça-feira (23), na altura da comunidade Chico Mendes, próximo ao local onde Josiane foi vítima.

Um dos carros teve o retrovisor arranhado. A dona do veículo – que não teve o nome divulgado – transitava na rodovia quando percebeu que a linha danificou seu carro.

No outro caso, o motociclista só não teve ferimentos mais graves porque sua moto tem possui um para-brisa, onde a linha acabou se enroscando. O homem – que também não teve a identidade revelada - chegou a ver o dono da pipa, que acabou fugindo.

O caso de Josiane está sendo investigado pela Polícia Civil de São José, que trabalha com a informação de que há muitas pipas com cerol sendo soltas diariamente na região.

De acordo com o policial, na comunidade há papelaria, bares e lojas que vendem o cerol.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?