Na tarde desta segunda-feira (5) o 9° Batalhão de Polícia Militar (BPM), que abrange os municípios de Criciúma, Forquilhinha, Siderópolis, Nova Veneza, e Treviso, comandado pelo tenente-coronel Sandi Murís de Medeiros Sartor, divulgou o balanço da repressão qualificada, em relação as apreensões de armas de fogo e drogas do primeiro trimestre de 2021.

No período de 1° de janeiro a 31 de março, foram 12 armas de fogo retiradas de circulação, sendo 11 em Criciúma e uma em Siderópolis. Em relação as drogas foram apreendidas mais de 60 kg de maconha, 5 kg de cocaína, e 2,7 kg de crack, totalizando 67.838 quilos de entorpecentes. Além de 1616 comprimidos Ecstasy/MDMA, 51 micropontos de LSD e 7 pés de maconha.

"As apreensões tem por objetivo combater o tráfico de drogas, além de reprimir o avanço de organizações criminosas. Com essas ações preventivas da Polícia Militar, acreditamos que os furtos e roubos venham a diminuir na Região. Os bons resultados atingidos são o reflexo da dedicação diuturna da tropa e o trabalho de excelência, que está sendo feito na área do Batalhão, em parceria com a comunidade e as instituições”, ressaltou o comandante tenente-coronel Sartor.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp