Mais de 370 guarda-vidas garantem a segurança dos banhistas no litoral Norte

Foto: CBMSC/Divulgação

Por: Claudio Costa

12/01/2023 - 07:01

Durante o verão, os moradores de Jaraguá do Sul seguem para o litoral para aproveitar o mar.

De acordo com dados do 7º BBM (Batalhão de Bombeiros Militar), 374 guarda-vidas atuam em 144 pontos nas praias entre Itajaí e Itapoá.

Nessa área, estão incluídas as cidades de Penha, Piçarras, Barra Velha, São Francisco do Sul e Balneário Barra do Sul, destinos muito procurados pelos jaraguaenses.

Os guarda-vidas estão no litoral em duas escalas. Uma delas entre seis e nove horas diárias e outra entre nove e 12 horas diárias. Eles são ressarcidos pelos serviços prestados conforme valores discriminados em lei específica.

“Os interessados no Curso de Guarda-Vidas Civis Voluntários devem ficar atentos aos editais na página oficial e redes sociais do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina. Após o término do curso, os guarda-vidas civis são profissionais capacitados para salvamento no ambiente aquático e que atuam sob supervisão dos bombeiros militares”, comenta o major Marcus Vinicius Abre, subcomandante do 7º BBM e responsável pela gestão da Operação Veraneio na área do batalhão.

“O treinamento possui 90 horas aulas e para participar é necessário cumprir alguns pré-requisitos: ser maior de 18 anos, ser considerado apto em teste toxicológico e comprovar capacidade física através de duas provas sendo uma de natação de 500 metros em até 12 minutos e outra de corrida de 1600 metros em oito minutos para os candidatos do sexo masculino e nove minutos para o feminino”, completa o oficial.

Os guarda-vidas civis atuam em períodos de pré-temporada, alta temporada e pós-temporada. A atuação deles ocorre até o dia nove de abril de 2023.

Na temporada 2021/2022, houve uma média de 90 afogamentos diários nas praias do litoral entre Itajaí e Itapoá. Marcus conta que esse número de ocorrências é registrado por ser uma área muito extensa e muito visitada por turistas