*Com informações da assessoria de imprensa O avanço de uma nova frente fria para Santa Cataria trouxe mais chuvas, ventos fortes e granizo em diferentes regiões do Estado na quinta-feira (8). Com as novas ocorrências registradas ao longo do dia, subiu para 93 o número de municípios atingidos pelas chuvas que atingem o Estado com frequência desde 26 de maio. O novo relatório da Defesa Civil de Santa Catarina, divulgado no final da tarde de quinta, no entanto, traz pouca variação em relação aos números do dia anterior. Agora, são 31,6 mil pessoas afetadas de alguma forma pelas chuvas e eventos climáticos adversos. São 21.631 pessoas desalojadas (transferidas para casas de parentes ou amigos) e 2.667 desabrigadas (atendidas em abrigos públicos). Rio do Sul, no Alto Vale, e Lages, na Serra, continuam sendo as cidades com mais gente em abrigos. Em todo o Estado, o número de residências afetadas subiu para 9.151. Além das chuvas, foram registradas também ocorrências de ventos fortes. Em São Miguel do Oeste e Descanso, no Extremo-Oeste, um vendaval destelhou algumas casas e derrubou árvores. A Defesa Civil de São Miguel do Oeste informou que cerca de 200 casas tiveram algum dano. E em Descanso, outras 30 residências foram atingidas. A Defesa Civil Estadual distribuiu lona para proteger os imóveis. Para esta sexta-feira (9), a previsão da equipe de meteorologistas da Ciram/Epagri é de condição para chuva fraca pela manhã e início da tarde no Planalto e Litoral Sul. As temperaturas baixam em todas as regiões e há chance de neve nas áreas altas do Planalto Sul no fim da manhã e no início da tarde.