Mais de 20 acidentes de trabalho já foram registrados no Extremo Sul

Por: OCP News Criciúma

09/03/2023 - 15:03 - Atualizada em: 09/03/2023 - 15:57

As ocorrências envolvendo acidentes de trabalho vêm preocupando o Corpo de Bombeiros Militar no Extremo Sul de SC. Somente em 2023, até o 08 de março, foram 26 chamados para acidentes que envolvem desde de queda de altura até esmagamento de membros do trabalhador.

 

O 4º Batalhão de Bombeiros Militar realiza o atendimento em 25 cidades do Sul e Extremo Sul, desde Urussanga até Passo de Torres e, em 2022, foram 127 casos envolvendo acidentes de trabalho, acendendo um alerta para o uso correto dos EPIs (Equipamento de Proteção Individual) nas empresas.

 

Segundo o subcomandante do 4º BBM e chefe da Seção de Instrução e Ensino, major BM Renan Fernandes, o contratante e o contratado precisam ficar atento às regras para cada serviço que oferecem perigos. “É sempre importante que se verifique se o contratado possui habilitação necessária para a execução do serviço – seja em espaços confinados ou trabalho em altura”, afirma.

 

Além disso, conforme Fernandes, em todas as atividades que oferecem riscos, o executante precisa utilizar os EPIs corretos, com luva, capacete e sapato, diminuindo a vulnerabilidade do trabalhador. “Isso vale também para as ferramentas e equipamentos, fazendo sempre o seu uso correto para qual ele foi destinado”, acrescenta.

 

A fiscalização trabalhista é realizada pelos auditores fiscais do Ministério do Trabalho e Previdência e do Ministério Público do Trabalho. “A gente sempre busca alertar, mostrar os equipamentos e conscientizar o trabalhador, para que não chegue ao ponto de um acidente de trabalho ou ainda, que vire mais um nas estatísticas”, complementa o comandante do 4º BBM, tenente-coronel BM Henrique Piovezam da Silveira.