A 2ª Vara Criminal de Chapecó condenou uma mulher por torturar a própria filha de 3 anos após a mãe agredir a criança com tapas e beliscões no corpo. A sentença, proferida pela juiza Ana Karina Arruda Anzanello impôs a pena de dois anos e quatro meses de reclusão, em regime fechado.

O caso aconteceu em novembro de 2018 após denuncias de vizinhos. Na época das denúncias, a mãe foi presa em flagrante em uma unidade do Conselho Tutelar e na sequencia foi decretada sua prisão preventiva.

Além das agressões no rosto e olhos, o processo aponta que a menina havia sido agredida com um pisão na garganta.

Segundo a sentença, algumas marcas de violência na criança eram recentes e outras antigas.

Em março deste ano, a Justiça concedeu liberdade provisória com medidas cautelares à mãe. O processo tramitou em segredo de Justiça.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito: 

WhatsApp  

Telegram  

Facebook Messenger