A mãe e o padrasto de uma criança de três anos morta em novembro de 2019 no município de Gaspar foram denunciados pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC). O menino de três anos faleceu em razão das agressões que sofria.

Segundo a denúncia, Enzo Cybell Koppen era vítima de constantes agressões por parte do Hildomar Alexandre Zabel, de 23 anos, que estava proibido pela justiça de se aproximar da criança. O homem está provisoriamente no Presídio de Blumenau.

Na denúncia, a Promotora de Justiça relata que o padrasto já era réu em ação penal por torturar a criança, na qual também havia sido preso em flagrante, mas solto após se comprometer a cumprir medidas alternativas, entre elas não se aproximar do menino.

*Com informações da ND Mais

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Telegram