Um comerciante procurou a reportagem do OCP para esclarecer uma ocorrência registrada pela Polícia Militar em Guaramirim.

Na manhã desta quarta-feira (3), ele impediu a instalação de um poste na frente do seu estabelecimento, às margens da BR-280, no bairro Imigrantes.

Funcionários de uma empresa contratada para fazer a readequação da rede elétrica foram até o local.

O empresário, que preferiu manter o anonimato, afirma que os trabalhadores começaram a instalação da estrutura no local errado, fora da marcação feita anteriormente.

De acordo com o comerciante, a empresa esteve no local há cerca de 15 dias.

O intuito da visita era fazer a medição e a marcação para a colocação dos novos postes. Ele destaca que perguntou sobre a possibilidade da instalação da estrutura em outro local, o que já havia sido feito em outras empresas.

“Naquela ocasião, eles acataram e até disseram que não tinha problema nenhum. Foi feita a marcação para eles colocarem o poste. Quando eu cheguei na loja, eu vi que eles estavam fazendo a furação no mesmo local do poste já existente”, conta.

O lojista lembra que chamou o responsável e mostrou a marcação feita no asfalto.

Porém, o funcionário da empresa ressaltou que o poste só poderia ser colocado onde o antigo estava instalado. Diante da negativa, o empresário começou a fazer um vídeo para registrar o caso.

“Em um momento, um dos funcionários disse pra mim que, se eu não saísse dali, iria dar m*. Eu perguntei pra ele se iria me bater. Eles estavam em cinco! Só se eu fosse o Jiraya para querer bater nos caras. Ele me empurrou e disse: ‘sai daqui, seu lixo’”, descreve.

Neste momento, o comerciante foi para dentro da loja e a PM foi chamada.

Um termo circunstanciado foi registrado e as partes serão chamadas para dar explicações perante o juiz no Fórum da Comarca de Guaramirim.