A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Santa Catarina prendeu no final da noite de domingo (23) em Biguaçu, na Região Metropolitana de Florianópolis, Rafael de Oliveira Azambuja, o Rafael Seco, 30 anos. Ele, que estava na condição de foragido, é investigado há pouco mais de um ano pela Polícia Civil gaúcha por ser apontado como líder da quadrilha mais procurada por ataques a bancos, carros-forte e lotéricas no Estado.

São pelo menos cinco assaltos que a investigação já confirmou a ação do suspeito. Outros dois comparsas dele já foram presos anteriormente.

Segundo o delegado João Paulo de Abreu, da Delegacia de Roubos do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), já haviam sido presos Dieizon Luiz da Silva Correa, 30 anos, no mês passado em Gravataí, e Sérgio Deola de Moraes, preso em Florianópolis em maio deste ano.

Em relação a Rafael Seco, ele estava foragido desde julho de 2017, quando progrediu para o regime semiaberto e não cumpriu as exigências legais. Além disso, teve este benefício negado logo após ter sido condenado por outro fato em 2011.

Ele e Enivaldo Farias, o Cafuringa, foram apontados como autores do roubo ao Banco do Brasil de Içara, em Santa Catarina. Rafael Seco pegou uma pena de 8 anos, 4 meses e 24 dias de prisão. Mas quando saiu a sentença, ele já não havia sido mais localizado.

Roubos

13 de Setembro de 2017 - Porto Alegre - Roubo a malote em lotérica nas dependências do Shopping Bourbon Ipiranga.

3 de Novembro de 2017 - Porto Alegre - Roubo ao Banrisul na Avenida França, bairro Navegantes.

11 de Dezembro de 2017 - Alvorada - Roubo a lotérica.

10 de Janeiro de 2018 - Porto Alegre - Roubo a carro-forte no bairro Anchieta, quando foi colocado simulacro de explosivo na cintura de um dos vigilantes.

12 de Julho de 2018 - Porto Alegre - Roubo ao Bradesco na avenida Assis Brasil

Abreu diz que as investigações continuam para prender mais integrantes da organização criminosa e para descobrir mais provas contra o grupo em relação a outros ataques no Estado. Rafael Seco será conduzido ao Rio Grande do Sul nos próximos dias.

"A prisão de Rafael Seco é fruto da dedicação e do comprometimento dos agentes da especializada que há muito tempo vem seguindo os passos do criminoso pelo Rio Grande do Sul, Santa Catarina e outros Estados", diz Abreu.

Rafael Seco foi preso pela PRF em uma abordagem quando conduzia um veículo pelo município de Biguaçu.

Quer receber as notícias no WhatsApp?