A GMF (Guarda Municipal de Florianópolis) realizou mais uma blitz da Lei Seca, desta vez no bairro do Campeche, no Sul da Ilha. Ao todo, 65 veículos foram abordados e os motoristas submetidos ao teste do etilômetro.

Desses, em dois condutores submetidos foi registrado valor superior a 0,05 mg/l, sendo que acima de 0,05 e até 0,33 o infrator recebe multa de R$ 2,934,70 e tem o direito de dirigir suspenso por 1 ano. Acima disso, acarreta também a prisão em flagrante.

Outros dois motoristas foram autuados por se recusarem a fazer o teste. As punicões são as mesmas – multa e perda do direito de dirigir.

Na blitz, mais dois condutores foram flagrados com a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) cassada suspensa. Ou seja, n não poderiam estar dirigindo e foram flagrados na direção.

O motorista que estava com a CNH suspensa, teve perda da habilitação e só poderá refazer após dois anos, entrando na auto-escola e refazendo todo processo novamente, como se fosse tirar a carteira pela primeira vez.