A Defesa Civil do Estado de Santa Catarina divulgou, nesta quarta-feira (21), um laudo atestando a segurança de um barranco nos fundos da Escola Municipal de Educação Básica Guilherme Hanemann, no bairro Barra do Rio Cerro. Três salas da unidade chegaram a ser interditadas preventivamente em maio.

No documento assinado pelo assessor técnico do órgão, Humberto Alves da Silva, mesmo com as chuvas intensas deste ano, não há evidências de trincas no talude e a drenagem superficial é satisfatória. Silva enfatizou o fato do local ter bananeiras, o que aumenta o peso sobre o solo, e classificou o risco do local como médio.

O laudo recomenda o monitoramento visual do local após o período chuvoso e isolamento da área de risco em caso de persistência de chuvas intensas acumuladas no período de 24, 36 e 48 horas, verificando alertas emitidos pela Defesa Civil Estadual e do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais.

“Nós só estávamos esperando esse laudo para atestar a segurança do local. Não adianta os vereadores e nem a comunidade colocar pressão, pois o barranco não oferece risco. Se houver chuva, vamos seguir a orientação e fazer o monitoramento”, comenta do secretário de Educação Rogério Jung.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger