Latrocínio Delegado Vargas: três envolvidos são condenados a penas que somam mais de 70 anos de reclusão

Foto: Divulgação DIC Criciúma

Por: OCP News Criciúma

09/11/2023 - 09:11 - Atualizada em: 09/11/2023 - 09:52

Em um assalto, em janeiro deste ano, o Delegado José Tadeu Vargas dos Santos teve sua vida ceifada por criminosos. O fato ocorreu em Criciúma.

O grupo chegou no estabelecimento onde Vargas estava e e tentaram roubar sua caminhonete, na ação acabaram atingindo o policial. Poucas horas depois, dois envolvidos foram presos em flagrante e o carro usado por eles foi apreendido.

Outras três pessoas foram identificadas, sendo um adolescente e outros dois homens, totalizando cinco pessoas envolvidas no crime. O adolescente foi apreendido e sentenciado com internação pela sua participação no grave fato. Duas armas de fogo foram apreendidas.

A pedido da Polícia Civil, a dupla foragida teve sua prisão preventiva decretada. O trabalho policial identificou o paradeiro de ambos, escondidos em locais diferentes. Um deles morreu em confronto com os policiais civis, o outro foi capturado e recolhido ao sistema prisional para julgamento.

Encerrada a instrução processual no primeiro grau, com trabalho de acusação pela 2ª Promotoria de Justiça de Criciúma, houve sentença condenatória pela 2ª Vara Criminal de Criciúma. As penas somadas ultrapassam 70 anos de reclusão, com a condenação dos três réus pelos crimes de latrocínio consumado e corrupção de menores. A decisão definiu o regime inicial fechado para cumprimento da pena, negado o direito de recorrer em liberdade.