A audiência de instrução e julgamento do criminoso acusado de atropelar e matar um policial militar rodoviário na SC-108, em Massaranduba, vai acontecer no mês de setembro.

Eduardo Coimbra era foragido do Presídio Regional de Blumenau e estava conduzindo o veículo que atingiu o cabo Alexandre Maciel em abril.

O processo tramita na 2ª Vara da comarca de Guaramirim, sob responsabilidade da juíza Tatiana Cunha Espezim.

Essa movimentação é destinada à coleta de depoimentos das partes e testemunhas.

De acordo com os autos, no momento do atropelamento, Maciel realizava atendimento a um acidente de trânsito.

Foi quando avistou um veículo em alta velocidade que fugia de outra guarnição.

Ao tentar fazer a abordagem, o policial militar rodoviário foi atropelado.

A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

O condutor ainda conseguiu escapar, mas acabou preso cerca de 15 dias após o atropelamento fatal após intensas buscas feitas pela Polícia Militar.

Durante a fuga, Coimbra fez um homem refém em um sítio e roubou uma caminhonete.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre segurança pública da região (acidentes detrânsito , ações policiais):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança