Foto Reprodução Redes Sociais
Foto Reprodução Redes Sociais

Após muita expectativa por parte dos taxistas e familiares do taxista morto em Guaramirim na noite de quarta-feira (8), na tarde desta sexta (8), foi decretada a prisão temporária do maior e a internação dos adolescentes autores do assassinato contra o taxista Elias Miguel Simas, de 54 anos.

Eles estavam presos desde a última noite, quando foram capturados pela PM que realizou rondas durante toda a tarde, noite e madrugada. O delegado do caso, Caleu Mello, não identificou elementos suficientes para uma prisão em flagrante, mas, solicitou ao judiciário os pedidos de prisão temporária e de apreensão que foram deferidos nesta sexta-feira (8).

O autor confesso do crime, Brayan Ferdinando Gandolhpi, deve ser levado ao presídio de Jaraguá do Sul. Já os outros dois menores envolvidos no crime, devem ser transferidos para centros de internação, inicialmente por 45 dias.

Nos depoimentos fica claro que a menor, foi na frente, e ficou responsável por desligar a chave do carro, que Brayan desferiu inicialmente uma facada no pescoço e na sequencia outras diversas nas costas e nuca, no total cerca de 45. Já o outro menor teria desferidos socos na vítima com um soco inglês.

Nenhum demonstrou arrependimento na delegacia!

Relembre o caso

&t=337s

 

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?