Em audiência de custódia realizada sábado (10), em Chapecó, o juiz de plantão André Alexandre Happke converteu a prisão em flagrante em prisão preventiva para um homem que foi preso quando transportava 250 quilos de maconha.

O flagrante aconteceu na BR 480, acesso à Chapecó, na noite da última quinta-feira (8). A decisão de manter o suspeito preso foi necessária para garantia da ordem pública e para o bom andamento das investigações, uma vez que o homem informou a possibilidade de existência de, pelo menos, mais um envolvido.

O carro em que a droga estava tem placa de Rio Bonito do Iguaçu (PR) e, segundo a polícia, tinha como destino o município gaúcho de Lajeado. O entorpecente estava dividido em 234 tabletes, escondidos na caçamba da caminhonete.

O flagrante foi resultado de uma operação da Polícia Militar e da Polícia Rodoviária Federal.

Receba as notícias do OCP no WhatsApp: