Um homem denunciado por homicídio qualificado pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) foi condenado pelo Tribunal do Júri da Comarca de Blumenau. A pena aplicada foi de 14 anos de reclusão, em regime inicial fechado.

Conforme a denúncia apresentada pela 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Blumenau, o acusado Ademar Bublitz, que possui envolvimento com tráfico de drogas, chegou de motocicleta no local do crime e iniciou uma discussão. O réu sacou uma arma e deu um tiro na cabeça da vítima. Em seguida, desceu da moto, se aproximou e atirou mais cinco vezes no rosto do homem, já caído no chão. O crime ocorreu em 23 de fevereiro de 2019, em Blumenau.

Conforme sustentado pela Promotora de Justiça Cristina Nakos no julgamento realizado na sexta-feira, dia 6, o Conselho de Sentença condenou Ademar por homicídio qualificado pelo fato de ter sido praticado de forma a dificultar a defesa da vítima.

O réu terá que cumprir 14 anos de reclusão em regime inicial fechado. Preso preventivamente durante a investigação, ele não poderá apelar da sentença em liberdade.

A decisão é passível de recurso.

Receba as notícias de Blumenau e região pelo WhatsApp clicando aqui.