O jovem Pablo Rogério Jahn França foi a oitava pessoa que faleceu por morte violenta no início do ano. Três dessas mortes foram em confrontos com a polícia.

Pablo, de 19 anos, foi atingido por tiros na tarde de segunda-feira (13), no bairro Cubatão, zona Norte da cidade, e morreu na terça-feira (14), no Hospital Municipal São José.

De acordo com a unidade hospitalar, foi confirmada a morte encefálica provocada por ferimento de arma de fogo. A família optou pela doação de órgãos e a captação dos rins, pâncreas e fígado foi realizada nesta quarta-feira (15).

De acordo com a Polícia Civil, o jovem estava andando de bicicleta pela rua João Alvim, quando foi abordado por dois homens em uma moto.

Os suspeitos efetuaram diversos disparos e fugiram. Pablo não tinha qualquer registro de envolvimento com crimes e a polícia trabalha na investigação.

Segundo o delegado Elieser Bertinotti, a polícia aguarda os laudos periciais que devem apontar a quantidade de disparos, os locais que atingiram e o tipo de arma utilizada.

O corpo de Pablo será velado na Capela 1 da Borba Gato e o sepultamento será na quinta-feira (16), às 15h, no Cemitério São Sebastião.

*Com informações da ND Mais

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Telegram