Foto: Divulgação/Bombeiros de Corupá Por volta das 11h15 desta quarta-feira (10), os bombeiros de Corupá foram acionados por um comerciante, que solicitou que removessem nos fundos de sua floricultura uma cobra de mais de um metro de comprimento. Ao chegar no local, os bombeiros encontraram a cobra em uma região de plantação de eucaliptos e fizeram a captura do animal peçonhento. Segundo o comandante Claúdio Siqueira, a cobra encontrada era uma jararacuçu de aproximadamente 1 metro e 60 centímetros de comprimento. Siqueira afirma que “é uma das mais venenosas da região”. Ela foi levada até a corporação e solta horas depois em uma região de mata na divisa entre Corupá e São Bento do Sul.