Moradores de Jaraguá do Sul poderão contribuir com a melhora do serviço realizado pelo 14º Batalhão de Polícia Militar (BPM).

Na segunda-feira (29), o comandante da corporação, tenente-coronel Gildo Martins de Andrade Filho, e o presidente do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Samae), Ademir Izidoro, assinaram um convênio para que a população passe a contribuir com a PM por meio da fatura de água e esgoto.

Inspirada no exemplo de outras entidades, a Polícia Militar buscou o Samae para fazer a arrecadação.

“Nas próximas semanas, será entregue junto com a fatura da água e do esgoto um panfleto informativo, explicando a questão da segurança pública, dos nossos excelentes indicadores, a necessidade de mais investimentos”, afirma o comandante.

Na parte final do panfleto, haverá um campo para efetuar o cadastro para a doação. É preciso preencher o formulário, assinar, fazer uma foto e encaminhar via Whatsapp para o 14º Batalhão de Polícia Militar, por meio do telefone (47) 98484-8892. “Nós vamos nos encarregar de enviar essa autorização para o Samae”, destaca Andrade.

Outra forma de fazer o cadastro é através do site do batalhão, o www.14bpm.com.br. Na home do site há um banner que leva para uma seção que contém uma explicação sobre os passos para contribuição.

Depois de clicar em “quero contribuir”, o internauta vai poder preencher o cadastro e imprimir. Então, é só assinar e enviar para a PM pelo número citado anteriormente. As contribuições podem ser feitas a partir de R$ 3.

Como não há nenhum convênio em Guaramirim, Schroeder, Massaranduba e Corupá, as contribuições poderão ser efetuadas por meio de depósito em contas bancárias. No site do 14º BPM, há números das contas correntes em que poderão ser feitas as doações.

O tenente-coronel explica que há diversas parcerias com as prefeituras da região, com o Rotary, com o Tribunal de Justiça de Santa Catarina, com a Justiça Federal e empresas que patrocinam o baile de gala anual do 14º Batalhão de Polícia Militar, com lucro revertido para a unidade. O plano é estender essa interação com a comunidade e obter mais recursos financeiros para investimentos.

Gildo Andrade explica que grande parte do sucesso do trabalho da PM na região se deve à sua estrutura, equipamentos, armamentos e viaturas. “Isso tudo é fruto dos investimentos realizados.

No ano passado e neste ano, em Jaraguá do Sul, os investimentos somam R$ 4 milhões. Quanto mais recursos tivermos e melhor empregarmos esses recursos, como já fazemos há algum tempo, isso vai ter reflexo na segurança da comunidade”, explica.

Cota de Contribuição Facultativa

Uma lei aprovada pelo prefeito Antídio Lunelli vai proporcionar mais um meio para arrecadação de recursos para o 14º Batalhão de Polícia Militar. A Lei Municipal número 7.704/2018 cria a Cota de Contribuição Facultativa (CCF). Como o próprio nome diz, a contribuição é facultativa a quem desejar fazê-la.

A ideia surgiu em São Bento do Sul há cinco anos e fez muito sucesso. Diferente do convênio firmado com o Samae, as empresas receberão boletos conforme a sua atividade. Instituições bancárias podem contribuir com R$ 1 mil, clubes e casas de diversão públicas com R$ 163, estabelecimentos industriais e comerciais com R$ 116.

-

Quer receber as notícias no WhatsApp?