Uma tentativa de assalto a uma residência em Garuva, no Norte de SC, quase termina em tragédia. Três homens armados fizeram mãe e um casal de filhos, ela de 8 e ele de 18 anos, de reféns enquanto exigiam o dinheiro de uma suposta herança que, segundo ela, não existia. O caso aconteceu por volta das 20h desta quarta-feira (7).

A mulher contou que estava ao telefone quando o trio invadiu a casa e anunciou o assalto. Durante os momentos de terror, eles teriam engatilhado a arma várias vezes na cabeça da mulher e da filha mais nova, de 8 anos, além de terem ameaçado cortar os dedos da criança.

 

 

A Polícia Militar foi chamada, cercou os suspeitos pelos fundos da casa, mas os assaltantes fizeram os dois filhos de escudos humanos. Depois, o trio pulou uma das janelas e fugiu do local.

Com reforço da Polícia Civil, Tático e da Polícia Rodoviária Federal, a PM passou a fazer buscas e encontrou um dos assaltantes escondido em uma madeireira, às margens da BR-101.

Houve troca de tiros e o assaltante foi atingido três vezes. Ele foi encaminhado ao Hospital São José, em Joinville. Os outros dois envolvidos seguem foragidos.