Irmãos são presos por emboscada fatal em cemitério de SC

Foto: Pixabay

Por: Isabelle Stringari Ribeiro

09/02/2024 - 10:02 - Atualizada em: 09/02/2024 - 10:24

Uma briga que começou em um bar em 22 de março de 2023 acabou em tragédia na cidade de Urubici. Os irmãos Laudelino e Geverson saíram do bar e armaram uma emboscada para uma pessoa com quem estavam brigados, no cemitério, pois sabiam que ele passaria por lá a caminho de casa.

No meio da escuridão, os irmãos atacaram a vítima com pedaços de mármore, causando graves ferimentos na cabeça. O corpo foi encontrado desfigurado em cima de um túmulo, enquanto os irmãos fugiram a pé para Bocaina do Sul. A polícia os encontrou dias depois, em Painel, onde foram presos.

Foto: Divulgação

O julgamento ocorreu nesta quinta-feira (8) no fórum de Urubici, com base na denúncia do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC). A promotora de justiça Raíza Alves Rezende apresentou as provas coletadas pela polícia aos jurados. Os irmãos foram condenados por homicídio com três agravantes: motivo fútil, meio cruel e emboscada. Devido aos antecedentes criminais, Laudelino foi sentenciado a 28 anos de prisão e Geverson a 16 anos.

“Os golpes brutais que os réus deram na vítima os trouxeram a esse tribunal, mas ao contrário dela, ambos ainda poderão respirar, ver seus familiares e pensar no futuro. Covardia deve ser combatida com Justiça”, frisou.

Familiares e amigos da vítima acompanharam a sessão do início ao fim e receberam o resultado com alívio.

“Não traz meu filho de volta, mas pelo menos a justiça foi feita”, disse a mãe.

“Não se pode tirar a vida de outra pessoa, há outras formar de resolver as desavenças”, salientou o padrasto.

Após a sessão, eles foram levados de volta ao presídio masculino de Lages e não têm direito a recorrer em liberdade.