Dois irmãos foram presos após cometerem uma sequência de furtos em supermercados de Criciúma. O flagrante ocorreu em um estabelecimento localizado na Avenida Luiz Lazzarin, no bairro Vila Francesa.

Os dois, que já haviam cometido furtos no local, através do caixa sem operador (selfcheckout), foram então monitorados e flagrados passando alguns produtos usando um método que trava o sistema.

Segundo a PM, eles fingem que passam os produtos, mas na verdade passavam apenas os mais baratos e saiam sem pagar os mais caros, que neste caso foi carne. Os seguranças então foram acionados e detiveram os criminosos até a chegada da PM.

Um deles ainda mentiu o nome, passando-se pelo irmão, porém ao conferir as características no sistema foi possível constatar que não se tratava do mesmo. Ele ainda estava com um mandado de prisão aberto e relatou que furtou as carnes “porque está passando necessidades em casa e está com visitas”.

Com o outro foi encontrada uma chave de veículo no bolso.

“Que fomos até o veículo Hyundai Creta, que estava no estacionamento, e em revista veicular foi encontrada no assoalho, na frente do banco do carona, uma sacola de outro supermercado com quatro peças de carnes, sem nota fiscal. Questionado, relatou que está a passeio na casa do seu irmão e que não sabia que ele cometia o furto, pois achava que estava pagando as compras. A guarnição estava ciente de que este veículo estava sendo utilizado por dois casais para a prática de furtos nas últimas semanas nos supermercados da cidade”, informou a PM.

Os policiais então foram no outro supermercado e conversaram com a segurança. Ela foi verificar nas imagens da câmera e confirmou que os dois estiveram no local.

Lá, enquanto um passou água e suco, o outro fingiu que passou as carnes no outro caixa selfcheckout, colocou na sacola e saiu sem pagar. Eles então receberam voz de prisão pelos crimes cometidos.