A Polícia Civil cumpriu mandado de prisão para assegurar medidas protetivas de urgência, em Imbituba. A ação foi por meio da Delegacia de Polícia da Comarca.

O preso é investigado por praticar atos de maus-tratos e abuso contra a enteada. Contra ele haviam medidas protetivas de urgência que o obrigavam a manter distância mínima de 500 metros da vítima.

No entanto, segundo a Polícia Civil, por mais de uma vez ele descumpriu a medida, chegando a entrar em vias de fato com familiares da vítima.

Por essa razão, o Poder Judiciário acatou a representação pela prisão.