Investigação da DIC de Joinville (Divisão de Investigação Criminal), que iniciou em outubro de 2018 e desencadeou operação contra organização criminosa de roubos a residência, teve desfecho na segunda-feira com o julgamento dos acusados. Ao final, o juízo da 1ª Vara Criminal de Joinville condenou os criminosos a uma pena de 22 anos e 2 meses de prisão no regime fechado.

O caso começou em novembro de 2018 quando foi deflagrada pela DIC uma operação policial que deu cumprimento a 14 mandados de busca e preensão e quatro mandados de prisão nos bairros Jardim Paraíso e Cubatão. O objetivo era prender integrantes de uma organização criminosa que vinham praticando diversos roubos a residências em Joinville. O grupo era extremamente agressivo e sempre utilizava de armas de fogo durante os roubos, agindo com muita crueldade contra suas vítimas.

As investigações iniciaram em outubro e possibilitaram a identificação do modus operandi da quadrilha.

Na operação foram apreendidas três armas de fogo, farta munição, entorpecentes, balança de precisão e rádios comunicadores. Durante o cumprimento de um dos mandados de prisão que contou com o apoio da Polícia Militar de Joinville, um dos criminosos portava uma arma de fogo e reagiu à abordagem policial, morrendo no tiroteio.

Quer receber as notícias no WhatsApp?