Três homens morreram durante uma troca de tiros com policiais militares em Balneário Camboriú. A ocorrência foi registrada por volta das 18h, na rua Bento Cunha, no bairro Barra, nesta segunda-feira (11). Dois homens também foram presos pela Polícia Militar.

Os PMs receberam a informação de uma reunião com vários homens armados. O encontro contou com a participação de líderes de uma facção criminosa, chamados de disciplinas. De acordo com a Polícia Militar, eles estavam orquestrando ações contra agentes de segurança pública da região.

Guarnições do Pelotão de Patrulhamento Tático, da Rocam (Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas) e da Agência de Inteligência foram até o local. No caminho, eles abordaram uma Toyota Hilux com dois ocupantes. Na revista, foi encontrada uma pistola calibre .380.

Os policiais militares foram até um sítio e encontraram mais de dez homens reunidos. As guarnições foram recebidas com disparos de armas de fogo e começou um tiroteio. Os bandidos fugiram para a mata atirando e as guarnições iniciaram buscas.

Uma das guarnições se deparou com Eduardo Felipe Victorino Fernandes, que foi atingido e morto pelos policiais. Em outro confronto, Luís Felipe Mendonça veio a óbito. Um terceiro homem foi preso pelos policiais militares saindo da mata.

As guarnições encontraram cinco veículos abandonados pelos bandidos, um Chevrolet Captiva, um Ford Focus, Um Hyundai IX 35, uma Honda e Biz e uma Shineray. Os dois presos e os veículos foram levados para a delegacia.

Uma guarnição continuou as buscas na mata e encontrou mais um dos envolvidos na reunião. Houve uma nova troca de tiros e João Carlos Soares Fragoso morreu após ser atingido por disparos feitos pelos PMs. Três armas de fogo foram apreendidas com os criminosos.

Os envolvidos tinham passagens por crimes como tráfico de drogas, tentativa de homicídio, cárcere privado, violência doméstica, lesão corporal e participação em organização criminosa.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança