Integrante de quadrilha de estelionatários é preso no Litoral Norte de SC

Foto: Polícia Civil/Divulgação

Por: Claudio Costa

29/07/2023 - 15:07 - Atualizada em: 29/07/2023 - 15:14

A Polícia Civil de Santa Catarina participou da 2ª fase da Operação Redentor.

Em Bombinhas, um investigado foi preso durante o cumprimento de um mandado de prisão bairro de Zimbros.

Na ação realizada nesta quinta-feira (27), foram apreendidos equipamentos eletrônicos e documentos.

A megaoperação realizada pela Polícia Civil de Goiás, com o Grupo Especial de Repressão a Crimes Patrimoniais de Rio Verde, aconteceu em oito estados brasileiros: Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Espírito Santo, Paraíba, Pernambuco e Piauí.

O objetivo é investigar uma organização criminosa que, ao se apresentar como empresas de construção civil com lucros milionários, aplicavam diversos tipos de golpes.

Foram cumpridos 77 mandados de busca e apreensão e efetuadas sete prisões em todo o país.

O grupo teria causado prejuízo de mais de R$ 7 milhões.

O esquema ilícito da organização criminosa consistia na abertura de empresas no ramo da construção civil (falsas construtoras) em várias cidades brasileiras, nas quais elas apresentavam supostos lucros milionários como forma de conseguir dinheiro em banco, veículos de concessionárias, maquinários de construção, créditos de combustíveis com empresas de frota, entre outros.

Após o recebimento dos valores, bens e serviços, os criminosos abandonavam a sede da empresa, deixando um lastro de prejuízo ao comércio e rede bancária locais.

A arquitetura criminosa ainda conta esquema de lavagem de dinheiro por meio de empresas fantasmas e postos de combustíveis.

Notícias no celular

Whatsapp

Claudio Costa

Jornalista pós-graduado em investigação criminal e psicologia forense e pós-graduando em perícia criminal.