Fogo destruiu galpão onde funcionava empresa em Blumenau (Foto: José Carlos Rocha/RBS TV) Um incêndio destruiu na madrugada desta quinta-feira (16) um galpão onde funcionava uma empresa de embalagens no bairro Itoupavazinha em Blumenau, no Vale do Itajaí. Durante o rescaldo, um corpo carbonizado foi encontrado e levado ao Instituto Médico Legal (IML). À tarde, o IML informou que familiares fizeram o reconhecimento e a vítima seria um homem de 56 anos. Porém, segundo o Instituto, não há como ter certeza absoluta da identidade sem um exame de DNA. Mesmo assim, não há nenhuma outra suspeita em relação à identidade da vítima. Os familiares disseram ao IML que a casa do homem era no mesmo terreno do galpão e por isso o corpo seria dele. O Instituto afirmou que cabe à Polícia Civil pedir um exame de DNA. O G1 tentou contato com a 2ª Delegacia de Polícia de Blumenau, mas não obteve êxito.
18 militares atuaram no combate ao incêndio (Foto: José Carlos Rocha/Divulgação)
18 militares atuaram no combate ao incêndio (Foto: José Carlos Rocha/RBS TV)
Três horas de combate Segundo os bombeiros, cerca de 15 mil litros de água, em dois caminhões, foram necessários para controlar as chamas. Uma ambulância e duas viaturas deram suporte ao trabalho dos 18 militares que atenderam o incêndio durante quase três horas. Uma casa vizinha à empresa também teve paredes chamuscadas pelo fogo, conforme os bombeiros. Quando os militares chegaram ao local, os moradores já tinham removido móveis e utensílios inflamáveis. Nenhum deles ficou ferido. Uma perícia deve ser feita para identificar o que ocasionou o fogo.