Um crime brutal está sendo investigado no Sul catarinense. O Instituto Geral de Perícias (IGP) de Criciúma trabalha para identificar o corpo de uma mulher encontrado no início da tarde desta terça-feira em um rio no bairro Rio dos Anjos, em Içara. Já há uma suspeita.

A vítima estava dentro de uma mala, nua e com um saco de lixo na cabeça.

Segundo a Polícia Militar, o rio estava sendo limpo por um operador de máquinas que viu a mala e, ao retirá-la para a beirada, observou que havia um corpo dentro.

No local, a guarnição constatou que o corpo era de uma mulher, que estava com sinais de violência e já em estado de decomposição.

A vítima, que aparentava ter entre 30 e 45 anos, possuía uma tatuagem no braço esquerdo com o nome "Gilberto", com três estrelas em cima da outra.

Segundo o Instituto Médico Legal (IML), tudo indica ser um homicídio, mas demais informações não foram repassadas antes da notificação à investigação da Polícia Civil acerca do laudo.

 

Foto: Divulgação Linha Verdade