IGP conclui laudo de acidente com ônibus de turismo em Corupá

Foto: Divulgação/Redes Sociais Foto: Divulgação/Redes Sociais

Segurança

Por: William Fritzke

quinta-feira, 03:32 - 11/02/2016

William Fritzke
No início da tarde desta quinta-feira (11), a Polícia Civil de Jaraguá do Sul, através do delegado Adriano Spolaor, recebeu o laudo do Instituto Geral de Perícias (IGP) sobre o acidente envolvendo o ônibus que se acidentou na serra de Corupá no dia 22 de novembro. A conclusão dos peritos, segundo Spolaor, foi um “misto de falhas”. “A conclusão foi de que houve falhas do motorista, e também falta de manutenção nos sistemas de freio. Vamos continuar a ouvir as pessoas através de oitivas. O motorista poderá responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, e os representantes da empresa poderão responder por negligência pela falta de freios devido à falta de manutenção. Isso são hipóteses” declarou Spolaor. Relembre o caso Um ônibus de turismo da empresa Mirotur, com placas de Sombrio, que transportava sacoleiros e partiu de Foz do Iguaçu (PR) com destino a Joinville, se envolveu em um acidente na serra de Corupá, na BR 280, na manhã de domingo (22/11). A colisão terminou com a morte de cinco pessoas. Quatro vítimas, da mesma família, estavam no veículo e morreram. Uma das passageiras do ônibus também faleceu. O ônibus de turismo estava vindo de Foz do Iguaçu quando, na descida da serra, invadiu a pista contrária e bateu de frente com o carro Cross Fox. Após a colisão o ônibus caiu em uma ribanceira.
×