Na noite de sábado (27), Gilmar Duarte da Silva, de 63 anos, que é natural de Blumenau, foi abandonado pelo próprio filho, de 40 anos, na rodoviária de Tijucas, na Grande Florianópolis.

À reportagem do Jornal Razão, de Tijucas, o idoso afirmou que o filho o buscou na casa da outra filha, em Itajaí, e o largou na rodoviária de Tijucas com alguns pertences e R$ 40. De acordo com ele, o filho não deu nenhuma explicação e apenas ordenou que descesse do carro.

Após colher o relato, o veículo de comunicação acionou a Polícia Militar e a equipe de Assistência Social da Prefeitura de Tijucas. Já na madrugada de domingo (28), os assistentes sociais decidiram levar o idoso até a residência do filho, em Blumenau.

No local, o filho e a nora de Gilmar se recusaram a recebê-lo. Diante da negativa, a Polícia Militar foi chamada e deu voz de prisão ao homem por abandono de incapaz. Aos policiais, ele alegou que problemas de relacionamento impediam a convivência com o pai e disse ainda que foi buscá-lo na casa da irmã, em Itajaí, por conta de um desentendimento.

Sem ter para onde ir, Gilmar acabou acolhido em um asilo de Blumenau. Por sua vez, o filho foi posteriormente solto pela Justiça mediante o cumprimento de duas condições: não poderá se ausentar da cidade por mais de 30 dias sem autorização e deverá manter o endereço atualizado junto aos órgãos de segurança.