Uma idosa foi resgatada após ficar uma semana desaparecida no Ceará.

Rita de Cássia Paulino, de 75 anos, foi encontrada na segunda-feira (22), em um matagal em Alcântaras.

Durante o período em que ficou perdida no terreno, a vítima bebeu água da chuva e se alimentou com capim para sobreviver.

 

 

Equipes do Corpo de Bombeiros Militar foram empenhadas nas buscas durante três dias.

Binômios com cães foram mobilizados para fazer a varredura na área.

Após o resgate, Rita de Cássia foi encaminhada para o hospital.

“Foi um milagre. Eu não sei nem explicar como estou me sentindo até agora. Foi uma emoção muito grande, tanto para mim quanto para os meus irmãos”, comentou o filho de Rita de Cássia, Francisco Paulino.

A idosa foi encontrada por um rapaz deitada embaixo de uma moita.

Com apoio de moradores, o Corpo de Bombeiros Militar resgatou a idosa com muitos arranhões e bastante debilitada por se alimentar somente com capim.

Os primeiros exames mostraram que a paciente teve uma crise de diabetes, além da pressão arterial abaixo do normal.

De acordo com o filho, Rita de Cássia tem depressão e não vai mais morar sozinha.

“Nós vamos cuidar dela”, finalizou Francisco.