Uma idosa de 66 anos caiu no golpe do bilhete premiado na tarde desta terça-feira, em Criciúma.

A vítima foi abordada na área central por uma mulher, aparentando ter 50 anos, que lhe pediu ajuda para encontrar o endereço de um mercado.

Em seguida apareceu um homem bem vestido, relatando que trabalha em um banco, e que iria ajudar a encontrar o estabelecimento.

Ambas entraram no veículo à procura do mercado quando a mulher (golpista), já dentro do carro, relatou que tinha ganho mais de R$ 800 mil reais.

Simulação

Para simular algo que parecesse verídico, o homem “ligou” para um banco que confirmou a premiação.

Em seguida a golpista disse que iria dar uma parte do dinheiro como forma de agradecimento pela ajuda, mas precisava de uma garantia, também em dinheiro.

Foi então que a vítima passou em duas agências bancárias sacando o montante de R$ 12 mil.

Casal fugiu

Ao chegar na agência da Caixa Econômica Federal, a idosa então suspeitou do golpe e conversou com uma funcionária que acionou a Polícia Militar, porém o casal de golpistas não foi mais visto.

A vítima registrou Boletim de Ocorrência.