Foi identificada como Isolete Goulart, de 59 anos, a mulher que morreu atropelada na noite de sábado na BR-101, em Maracajá.

Ela era natural de Meleiro, mas morava atualmente em Araranguá.

O acidente ocorreu por volta das 21h25min no km 401,7, sentido Sul da rodovia federal.

A moto Honda CG 125, em que estava o casal, foi atingida por um veículo e os dois caíram na pista.

Fugiram do local

Isolete, que era passageira da motocicleta, foi atropelada por dois veículos que trafegavam na BR, os quais não foram identificados, pois fugiram após o atropelamento.

Segundo relato do esposo, eles estavam vindo de Criciúma.

Ele sofreu alguns ferimentos e assinou a recusa de encaminhamento ao hospital.

Mobilização

O acidente mobilizou Corpo de Bombeiros, Samu, Polícia Rodoviária Federal e Instituto Médico Legal.

O velório foi realizado na casa da filha da vítima, no bairro Sanga da Toca.

Este foi o primeiro acidente com morte em 2020 na região da Amesc.

Fonte: Contra o Crime/Portal Agora