Após três dias foragido, o principal suspeito de assassinar a ex-companheira Thalia Ferraz, de 23 anos, foi preso nesta segunda-feira (28), em Jaraguá do Sul.

O homem de 42 anos se entregou nesta manhã e agora passa pelo processo interrogatório para continuidade nas investigações e um desfecho do caso.

Segundo a Polícia Civil, a prisão temporária do suspeito, identificado como Paulo Hening, foi decretada pela Justiça de Jaraguá do Sul logo após o assassinato.

O crime ocorreu no dia 24 de dezembro, véspera de Natal, no bairro Rio Cerro I. Após ameaças pelo telefone, o homem foi até a casa da ex-mullher, que morava ao lado, invadiu a residência e efetuou vários disparos com uma pistola calibre ponto 38.

A vítima teria tentado correr para o quarto, mas ele continuou atirando até atingi-la na altura do tórax.

Thalia não resistiu aos ferimentos e morreu no local, na frente de dois sobrinhos, de 14 e 8 anos. Já o acusado fugiu em uma camionete Amarok branca e estava foragido até então.

 

Telegram Jaraguá do Sul