A Polícia Civil de Joinville, por meio de Divisão de Investigação Criminal, prendeu na tarde de sexta-feira (24) um homem de 37 anos. Ele é suspeito de ameaçar de morte e coagir uma testemunha em um processo judicial, além de integrar uma organização criminosa que atua na região.

As investigações apontaram que uma funcionária pública municipal passou a ser coagida e ameaçada de morte após, em razão de sua função, ser parte em um processo judicial em que o suspeito sentiu-se prejudicado pela autuação profissional da vítima.

 

 

Ele, então teria passado a ameaçar seriamente a integridade física da funcionária e de seus familiares.

“A partir do momento em que recebemos a notícia dos fatos, instauramos inquérito policial e com as investigações constatamos não apenas a seriedade e gravidade das ameaças, mas também o fato de que o suspeito integra uma facção criminosa e estava agindo em nome de tal organização”, comentou o delegado Rafaello Ross.

Após a decretação da prisão do suspeito, policiais da DIC foram às ruas, localizaram e prenderam o suspeito. Na sequência, ele foi encaminhado ao Presídio Regional de Joinville, onde permanece à disposição da Justiça.