A Polícia Militar prendeu o homem de 36 anos que provocou o incêndio que matou a enteada de um ano e seis meses em Videira, no Oeste de Santa Catarina. A prisão ocorreu na manhã desta segunda-feira (6), após uma denúncia anônima.

O veículo que ele conduzia durante a fuga, um Chevrolet Corsa verde, foi encontrado na às margens BR-116, em Santa Cecília. Mais de 100 policiais militares estiveram envolvidos na operação que durou aproximadamente 20 horas.

Foto: Reprodução Whatsapp/OCP News

“A Polícia Militar foi até o local e visualizou o veículo abandonado. Alguns quilômetros frente, os policiais militares localizaram o suspeito e realizaram a prisão”, comenta o capitão Rodrigo Pedroso, comandante da PM em Videira.

Pedroso afirma que os policiais militares tiveram dificuldade de verificar os antecedentes do homem porque é natural do Tocantins e estava residindo há pouco tempo em Videira. O capitão afirma que policiais militares chegaram a realizar as buscas com os veículos particulares.

Morte da enteada

O incêndio começou após uma briga entre um casal na manhã de domingo (5), na localidade de Campina Bela. O homem ateou fogo na residência em que estavam a mulher, a filha do casal de seis meses e a enteada. Depois, ele fugiu em um Chevrolet Corsa de cor verde.

O pai jogou o bebê pela janela da residência e a mulher conseguiu sair da casa. O Corpo de Bombeiros Militar foi chamado para combater o incêndio e levou cerca de três horas para controlar as chamas.

Os bombeiros realizaram o trabalho de rescaldo e encontraram os restos mortais da criança. O Instituto Geral de Perícias foi chamado para remover o corpo. A Polícia Militar realiza buscas para encontrar o incendiário.

*Com informações da Rádio Videira.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança