A prisão em flagrante do homem que, na última segunda-feira (08), matou a facadas a ex-esposa, dentro de uma clínica de fisioterapia foi convertida em preventiva, através de representação da Delegacia de Santo Amaro da Imperatriz junto à Justiça .

Segundo o Delegado Rodrigo Mayer, a rápida captura do indiciado pela Polícia Militar, bem como as diligências investigativas posteriores ao crime realizadas pelo Setor de Investigação e Capturas da Delegacia de Santo Amaro da Imperatriz, evidenciaram com clareza todas as circunstâncias e motivação do crime que chocou a população catarinense.

O autor, que já se encontra no sistema penitenciário, foi indiciado pelo crime de homicídio duplamente qualificado, por ter utilizado de recurso que impossibilitou a defesa da vítima, e pelo feminicídio  (morte de mulher por questões de gênero).

"A rápida intervenção do Poder Judiciário foi decisiva para que a resposta à comunidade fosse completa", concluiu o Delegado.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?