Homem que matou a namorada grávida é denunciado em SC

Foto: Robster_91/Pixabay

Por: Claudio Costa

06/06/2024 - 06:06 - Atualizada em: 06/06/2024 - 06:16

Um crime hediondo cometido em 5 de abril deste ano ficará para sempre na memória dos moradores do bairro Pedreirinha, em Videira. Naquela madrugada, um tiro de espingarda calibre 12 tirou a vida de uma jovem de 18 anos e do filho que ela estava esperando. O autor foi denunciado pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) e pode ir a júri popular.

Segundo as investigações, ele mantinha um relacionamento amoroso com a vítima e teria cometido o crime por não aceitar que ela saísse com as amigas para se divertir. O disparo teria sido feito repentinamente, sem que a jovem pudesse se defender, deixando seu rosto totalmente desfigurado.

A ação penal da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Videira cita várias circunstâncias que podem aumentar ou agravar a pena, como feminicídio, motivo fútil, meio cruel, emprego de recurso que dificultou a defesa e o fato de a vítima estar grávida.

O réu, de 20 anos, também foi denunciado por porte ilegal de arma, pois a espingarda utilizada no crime estava em desacordo com a legislação. Ele está preso preventivamente desde a época dos fatos, aguardando o desenrolar do processo, e tem passagens pela polícia por outros crimes, como tráfico de drogas, lesão corporal e associação para o tráfico.

Notícias no celular

Whatsapp

Claudio Costa

Jornalista pós-graduado em investigação criminal e psicologia forense e pós-graduando em perícia criminal.