A Polícia Civil de Santa Catarina prendeu, nesta quinta-feira (29), um homem procurado pela Interpol (Polícia Internacional), em Brusque, no Vale do Itajaí. Ele foi condenado pela Justiça Federal do Paraná por falsidade de moeda e, por isso, tinha o seu nome na difusão vermelha, ou Red Notice, da Interpol.

A prisão ocorreu no bairro Azambuja. Segundo o delegado Fernando Luís de Farias, o homem é investigado pela prática do “golpe do aplicativo” na cidade. Ele procurava vítimas pelas redes sociais e marcava encontro para, supostamente, tratar de vagas de trabalho.

Durante a “entrevista”, o investigado dizia que precisava instalar um aplicativo no aparelho celular. A vítima entregava o equipamento e, quando se distraía, o homem fugia do local com o objeto.

As investigações da Polícia Civil apontam que a companheira dele é suspeita de fazer anúncios dos telefones em sites de compras da região e, posteriormente, entregar os aparelhos. Até o momento, foram identificadas cinco vítimas e apreendidos cinco celulares. O casal responderá por furto mediante fraude e receptação.

Receba as notícias do OCP no seu WhatsApp: