O homem de 38 anos assassinado a tiros na noite de ontem na rua Onisio Francisco Pedro, na Lagoa do Jacaré, em Balneário Rincão, pode ter sido morto por engano. A linha é apurada pela Polícia Civil. Segundo informações, o verdadeiro alvo seria um amigo dele, que correu ao ver o atirador.

Samuel Ferreira de Souza chegava na casa desse amigo quando foi alvejado com dois tiros no peito e morreu ainda no local. O corpo foi encontrado no cercado da residência.

Segundo conhecidos da vítima, apesar de passagens pela polícia, Samuel atualmente era considerado uma pessoa tranquila e trabalhava como cortador de grama.