E.D.E, de 28 anos, foi socorrido com ferimentos na perna e no joelho e encaminhado consciente ao Hospital São José. O homem foi baleado pelo vigilante do Condomínio Erika Modrock Menegotti, na noite de domingo (27).
Por volta das 21h30, a Polícia Militar recebeu denúncia que um grupo de homens estaria perturbando no condomínio. A guarnição foi ao local e foram orientados a cessar o fato e retornarem para suas residências. Após o deslocamento da viatura, ocorreu nova denúncia informando disparo de arma de fogo.
Quando a guarnição retornou ao local acabou se deparando com E.D.E.(28 anos) sentado no chão e com uma lesão causada por tiro. A vítima do disparo indicou J.L.P.(32 anos) como o autor do disparo, este é vigilante e trabalha no local, contudo foi o vigia que havia acionado a PM e que também chamou o Corpo de Bombeiros Voluntários.
Segundo o relato do autor do disparo e do síndico do local, havia um grupo de dez masculinos consumindo bebida alcoólica e perturbando durante todo o dia e após a saída da PM do local, teriam vindo tomar satisfações do vigilante que trabalhava no local, momento que o mesmo efetuou dois disparos para o alto e como não foi atendido acabou disparando contra o chão e o projétil acabou ricocheteando e atingiu um dos homens.
A.M.R.(33 anos), A.S.S.(20 anos), E.O.V.(38 anos) e T.M.L.(23 anos) foram detidos  e encaminhados à Delegacia de Polícia da Comarca de Jaraguá do Sul. O homem baleado foi encaminhado pelos bombeiros ao hospital São José.