Policiais civis da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Criciúma prenderam, nesta quarta-feira, um dos autores de um homicídio ocorrido na cidade atingido assim 100% de elucidação dos assassinatos neste ano.

O crime ocorreu no dia 30 de julho quando Claudemir Vicente, conhecido como “pé de pano”, de 55 anos, foi encontrado morto no interior de sua casa, no bairro Quarta Linha, com 17 facadas pelo corpo.

Segundo o delegado André Milanese, através das investigações realizadas pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da DIC, descobriu-se que o homicídio foi praticado por Alessandro de Lima Maia, de 36 anos, o sobrinho dele, de 13 anos, e Gabriela Pereira Becker, de 21 anos, pelo fato de a vítima ter praticado atos obscenos contra a filha de somente dois anos de Gabriela.

“Segundo apurado, os três autores se deslocaram na noite de 29 de julho até a casa de Claudemir, que costumava ficar com as portas abertas, desferindo 17 golpes de faca enquanto a vítima dormia. Em razão dos fortes indícios da participação do trio no homicídio, a 1ª Vara Criminal de Criciúma decretou as prisões preventivas dos adultos, sendo o homem localizado e preso na região central de Criciúma”, informou o delegado.

Já o paradeiro da mulher é desconhecido, pois durante as investigações ela mudou de endereço e não atendeu mais a polícia, razão pela qual a DIC solicita apoio em sua localização, podendo qualquer informação ser repassada através do Disque-Denúncia da Polícia Civil, nos telefones 181 e 197, ou pelo WhatsApp (48) 98844-0011.

Segundo Milanese, o adolescente infrator responderá perante à delegacia especializada pelo ato infracional análogo ao crime de homicídio qualificado pela crueldade e impossibilidade de defesa.

“Até a presente data ocorreram neste ano cinco homicídios na cidade de Criciúma, todos com autoria identificada e os autores presos ou com mandados de prisão expedidos”, finalizou a autoridade policial.