Já foi identificado o corpo do homem encontrado ontem, em estado de mumificação, em uma plantação de eucalipto, pendurado em uma árvore, às margens do trilho, no bairro Boa Vista, em Criciúma.

Trata-se de Deivid Waschigtom Napoleão Damaceno, de 29 anos, morador daquela região.

Um boletim de ocorrência acerca do desaparecimento foi registrado no dia 27 de janeiro. Segundo a Polícia Civil, ele estava desempregado à época e passava por problemas financeiros.

Deivid deixa a esposa, que inclusive estava grávida na época do desaparecimento, e filhos. A perícia indica suicídio.