Um homem de 27 anos foi preso em flagrante por suspeita de estuprar e manter uma colega de trabalho em cárcere privado, nesta quarta-feira (9), em Blumenau, no Vale do Itajaí.

Segundo a Polícia Militar, a jovem, de 23 anos, procurou por ajuda em um batalhão da corporação logo após ter sido libertada pelo suspeito. A vítima foi levada ao Hospital Santo Antônio, onde recebeu atendimento médico.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI).

Em depoimento, a jovem contou aos policiais que pegou carona com o seu colega para sair do trabalho na terça-feira (8). Durante o percurso, o rapaz começou a agredi-la com tapas e a obrigoou a ir até a residência dele.

Ela contou que, ao chegar na casa, o suspeito continuou as agressões e a ameaçou de morte.

Conforme o relato da moça, ele a manteve presa na casa ao longo da madrugada, a estuprou e a libertou somente ao amanhecer, depois de quebrar o celular da jovem e ameaçar matá-la caso procurasse ajuda.

Após ser solta, a vítima foi até o 10º Batalhão da Polícia Militar para pedir socorro.

A Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI) assumiu o caso e informou que encontrou e prendeu em flagrante o homem no bairro Itoupava Central.