A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI) de São José cumpriu na manhã de terça-feira (4) um mandado de prisão preventiva contra um homem de 39 anos. Ele é suspeito da prática dos crimes de estupro de vulnerável, armazenamento e compartilhamento de conteúdo envolvendo pornografia infanto-juvenil.

A investigação, conduzida pela equipe da DPCAMI de São José, apurou que o suspeito teria abusado da enteada dos nove aos 17 anos. Ele também é suspeito de divulgar cenas dos estupros em rede social anônima.

Ainda, na mesma rede social, também foram divulgadas cenas íntimas com a companheira, sem a sua autorização, além de conteúdo de pornografia infanto-juvenil envolvendo outras vítimas. Após a formalização dos procedimentos, o homem foi encaminhado ao Presídio da Capital, onde permanecerá à disposição do Judiciário.